Processos

Syslog - BackOffice - Processos

A opção processos faz a gestão dos vários processos associados à logística. Para além dos processos padrão podem ser criados outros com base nos existentes, em que a diferença reside na possibilidade de diferenciar a configuração de certos parâmetros para um terminal específico ou utilizador.

Opção: Campo de pesquisa

Área de pesquisa de processos. A pesquisa pode ser efetuada por código ou por descrição.

Opção: Processo

Indicação dos processos que podem ser adicionados ao sistema. Ver processos existentes.

Botões: Pode-se criar um novo processo ou então editar um processo já criado.

Opções adicionais:

  • Só obrigatórios - Apresenta os parâmetros que são obrigatórios ser configurados

  • Só dependentes - Apresenta os parâmetros que são dependentes ou relacionados de outros

Grelha

Na grelha que aparece, as colunas existentes remetem para:

  • Obg. - Indicação se é um parâmetro obrigatório (símbolo "O")

  • Dep. - Indicação se é um parâmetro dependente (símbolo "D")

  • Nome - Nome do processo/parâmetro

  • Valor - Valor definido para o processo/parâmetro

  • Valor por defeito - Valor por defeito para o processo/parâmetro selecionado

Botões:

  • Editar parâmetro - Para editar o parâmetro selecionado

  • Importar parâmetros - Para importar parâmetros

Processos

Os processos padrão existentes na aplicação e que podem ser adicionados e editados são:

  • Receção - Processos relacionados com a receção de produtos/artigos ao armazém por parte de fornecedores ou da linha de montagem.

  • Picking - O processo de picking consiste na recolha em armazém de determinados produtos (podendo ser diferentes em categoria e quantidades), face a uma solicitação de um cliente (encomenda, por exemplo), de forma a satisfazer o mesmo.

  • Packing - Processo de empacotamento, acomodação dos produtos e embalagem decorrente do processo de picking

  • Transferências - transferências de produtos/artigos entre armazéns da mesma empresa

  • Contagens - Contagens de stocks para verificação de eventuais erros. Dependendo de sua importância, alguns itens são contados várias vezes durante o ano, enquanto outros não os são.

  • Preços - Parametrização dos preços associados a artigos em stock

  • Outros documentos - Outros documentos que podem ser gerados pela aplicação que

O sistema permite criar e parametrizar vários processos para a mesma função.

A título de exemplo, numa empresa recebem-se vários tipos de encomendas e as mesmas são tratadas em vários espaços do armazém. Umas encomendas são para fazer picking de forma normal e outras são encomendas para envio urgente, são processos tratados em diferentes zonas por diferentes pessoas. Pode-se criar um processo para umas e outro para as outras mantendo a lógica do processo de picking, neste caso.

Complementarmente, a possibilidade de gerir processos permite a implementação adaptada à realidade da empresa de procedimentos FIFO, LIFO e FEFO.

As siglas FIFO, LIFO e FEFO são termos utilizados na área da logística e são a abreviatura das palavras em inglês First in, first out (FIFO), Last-in, First-out (LIFO) e First expire, First out (FEFO) que determinam o tipo de controlo e movimentação de stock utilizado no armazém.

Editar Parâmetros

Para editar cada parâmetro clica-se sobre o mesmo para abrir uma janela de configuração. Na grelha que aparece as tabulações disponíveis são:

  • Valor - Indica o valor que está atualmente definido para o parâmetro

  • Default - Indica o valor default para o parâmetro selecionado

  • Info - Indica as hipóteses de escolha (descritas nas páginas dependentes desta página).

Botões

  • Repor o valor - repõe o valor original

  • Grava - grava a configuração efetuada

  • Cancelar - cancela as alterações e volta ao ecrã inicial dos parâmetros.

Importar Parâmetros

Ao clicar nesta opção abre uma nova janela onde se podem importar parâmetros. Os parâmetros podem ser importados de outro processo semelhante (por exemplo, cria-se um picking 1 e picking 2 e importa-se para o picking 2 os parâmetros já definidos no picking 1) e de um terminal.

Só é possível importar parâmetros de processos do mesmo tipo.

Só é possível importar de um terminal no âmbito de migrações anteriores à V3.0

Extensibilidade

No canto superior do ecrã (ao lado das opções "só obrigatórios"/ "só "dependentes") está a opção de extensibilidade. Através desta opção acede-se à lista de funções que no Syslog podem ser ajustadas com o recurso ao Kalipso Designer. Essencialmente, é através desta opção que se ativa a extensibilidade do Syslog ajustada às necessidades do utilizador.

A opção de extensibilidade permite a criação de novas funcionalidades a opções do Syslog. Através do Kalipso é possível criar extensões perfeitamente integradas no produto base de forma simples e rápida. Este ponto merece destaque pela particularidade de permitir “estender” o produto Syslog, criando funcionalidades de acordo com as necessidades específicas de cada área de negócio.

O Kalipso Studio é uma ferramenta para desenvolvimento de aplicações móveis que não necessita de utilização de linguagens complexas de programação, não tem de ser um programador, basta ter conhecimentos de como funciona uma base de dados.

Ecrã

Logo abaixo está disponível uma tabela com um conjunto de funções do Syslog que podem ser parametrizáveis no Kalipso. Complementarmente, indica-se se essa função é para estar ativa antes, substituir a existente ou após o funcionamento do módulo em questão.

Tabela

A tabela disponibiliza as seguintes opções:

Opção

Descrição

Função

Código da função Syslog no Kalipso

Antes

Ao ativar esta checkbox a informação configurada aparece antes da opção em questão aparecer.

Substituir

Substitui a opção padrão pela versão criada através de extensibilidade

Após

Ao ativar esta checkbox a informação configurada aparece após a opção em questão aparecer.

A mesma função pode ser configurada para aparecer nos três estados anteriormente indicados (antes, substituir, após).

Para o carregamento da extensibilidade para o terminal deve-se colocar o ficheiro na pasta "Syncro" do BackOffice e depois no terminal proceder à importação no ecrã "acerca de" e depois na opção "Download extensibilid."

Para o uso de extensibilidade é necessário ter o Kalipso Studio licenciado.

Neste momento a extensibilidade só se aplica à opção processos.